"A melhor forma de vencer as dificuldades é agradecê-las a Deus". (Beata Maria do Divino Coração)

Em missão | Casa de Sant'Ana

  • galeria
  • galeria
  • galeria
  • galeria
  • galeria
  • galeria

CASA DE SANT`ANA

Comunidade de Inserção para Mulheres em Situação de Risco

A Casa de Sant`Ana, sita em Portugal – Sintra, é uma I.P.S.S., pertencente à Congregação da Nossa Senhora da Caridade do Bom Pastor.
Iniciou a sua actividade em Setembro de 1980 mas, o edifício do Centro de Acolhimento só foi construído e inaugurado em Abril de 1985.
Desde Dezembro de 2001 que tem a valência para Comunidade de Inserção para Mulheres em Situação de Risco..

Objectivos

OBJECTIVOS GERAIS:
o “combate à pobreza”,
o combate à “exclusão social”

OBJECTIVO ESPECÍFICO:
 a “reinserção sócio-profissional e familiar das mulheres e filhos acolhidos”.

POPULAÇÃO ACOLHIDA
A Casa de Sant`Ana destina-se a mulheres com idade superior a 18 anos com ou sem filhos em situação de carência sócio-económica grave que reúnam as seguintes condições: mulheres com autonomia pessoal e capacidade individual para cuidar de si e dos seus filhos e mulheres com disponibilidade activa e capacidade de inserção em emprego.

SERVIÇOS E APOIOS
Dos serviços/apoios prestados às n/ utentes e filhos contam-se fundamentalmente: o alojamento temporário, alimentação, sala de actividades dos 0-6 anos, lavandaria, vestuário e, principalmente o acompanhamento técnico-profissional da n/ Técnica de Serviço Social e Psicóloga Clínica, com vista à construção dum Projecto de Vida Autónomo da utente e filhos acolhidos.

PROGRAMA INDIVIDUAL DE AQUISIÇÃO DE COMPETÊNCIAS (P.I.A.C.)
Para cada Utente, acolhida na Casa, é traçado um P.I.A.C., que visa essencialmente ensinar competências aos níveis básicos com o objectivo destas mulheres construírem um Projecto de Vida Autónomo.
O PIAC é dividido em duas partes:
parte prática,
onde todas as mulheres passam pelos vários serviços do Centro de Acolhimento (Cozinha, Serviços Domésticos, Lavandaria e Jardim) com o objectivo de irem (re)adquirindo as competências básicas.
parte teórica, onde se encontra englobadas as acções de Educação/Formação e reuniões de trabalho com as Utentes tendo em vista contribuir para o seu desenvolvimento pessoal e uma melhor integração institucional. Nesta são trabalhados temas tais como: Gestão Doméstica e Pessoal dos Rendimentos, Educação Parental, Manutenção de uma casa, Técnicas de Procura de Activa de Emprego, ...

DURAÇÃO DO ACOLHIMENTO
A duração do acolhimento é a necessária á reintegração sócio-familiar e profissional da utente e filhos, não devendo exceder um período superior a 18 meses, podendo este prazo ser encurtado ou prolongado (por mais 6 meses) de acordo com o desenvolvimento do seu Projecto de Vida Autónomo.

PROJECTO DE VIDA AUTÓNOMO
Após a utente ter (re)adquirido algumas das competências básicas, começa a ser encaminhada para a via profissionalizante (trabalho ou formação profissional). A utente, quando começa a trabalhar, é feito um trabalho com ela, no sentido de começar a poupar o seu dinheiro (abertura da conta poupança), sempre com a ajuda da Directora Técnica da Instituição.
A partir do 2º mês de trabalho ou formação profissional, a utente é orientada no sentido de encontrar uma resposta ao nível de um equipamento escolar para os seus filhos (exemplo: ama, creche, atl, ...).
Após do 4º mês de trabalho ou formação profissional, a utente tem de começar a procurar uma resposta habitacional para si e para os seus filhos. Assim que conseguir o seu lar, a Instituição começa a angariar todos os bens necessários para equipar uma casa (desde móveis, electrodomésticos, roupas de casa, loiças,…). Quando a Casa de Sant`Ana não tem os bens disponíveis no “seu armazém”, faz pedidos a outras Instituições de Solidariedade Social e a Particulares, para angariar os bens necessários.


APÓS A SAÍDA
Após a saída da Utente, e sempre que possível, a Comunidade de Inserção procurará implicar a família e outras entidades sociais adequadas, no sentido de assumirem o compromisso de constituírem um recurso de ajuda sempre disponível em futuras eventualidades dessa família.
Contudo e, devido às características especificas da nossa população, a Casa de Sant`Ana  sentiu a necessidade de prolongar o acompanhamento, efectuado durante o acolhimento, após a saída da utente da Instituição.
Assim, á data da saída da utente e filhos do Centro de Acolhimento, pode ser celebrado com a mesma , por um período de 12 meses, um Acordo de Acompanhamento que tem como objectivo manter o compromisso entre ambas as partes e, auxiliar a utente na continuação da concretização do seu Projecto de Vida, mas agora em sua casa.
Neste acordo é definido e regulado os apoios / serviços a prestar à utente e filhos após a sua saída de modo a contribuir para um gradual desvinculo institucional e equilíbrio sócio-económico. Estes apoios vão desde o atribuir o Banco Alimentar,  vestuário, continuação da permanência dos seus filhos na sala de actividades dos 0-6 anos, o acompanhamento dos seus filhos que frequentam o 1º Ciclo (refeições), acompanhamento ao nível do serviço social e ao nível do serviço de Psicologia Clínica. 

 

Casa de Sant’Ana

Comunidade:

Tel: 219 164 099 - Fax: 219 167 216

e-mail: congregacaobompastor@sapo.pt

 

Instituição:

e-mail: casa.santana.ci@sapo.pt

Estrada dos Pexiligais, 46

2725 - 659 ALGUEIRÃO MEM MARTINS 

 

Contactos

 

  • BEATA MARIA DO DIVINO CORAÇÃO

    [ver mais]

  • 150º aniversário da Beata Maria do Divino Coração

    [ver mais]

  • Beata Maria Droste

    No dia 13 de Fevereiro de 1964,< ...
    [ver mais]

  • Festa de Santa Maria Eufrásia Pelletier

    Este ano, no dia 24 de Abril, vamos celebrar a [ver mais]

pensamento
"Jesus gosta que convivamos com Ele como um filho com o seu pai". (Beata Maria do Divino Coração)
identidade | a história que se faz | em missão | fotos | notícias | chamo-as pelo seu nome | partilha | links | encontros | contactos
Site com resolução de 1024x768 | Todos os direitos reservados